whats

Guia prático: Como abrir um MEI?

Guia prático: Como abrir um MEI?

Um negócio formalizado tem mais credibilidade no mercado, além de muitas outras vantagens legais como: a possibilidade de abrir conta em banco, contratar um funcionário, emitir nota fiscal, comprar no atacado, entre outras.

🔹 1º passo: Atender às condições para se tornar um MEI:

Não ter participação em outra empresa como sócio ou titular Faturar até R$ 81.000 por ano; e Exercer as atividades permitidas. É possível registrar uma ocupação principal e até 15 secundárias.

🔹 2º passo: Criar sua conta Gov.br:

No Portal do Empreendedor, no serviço de formalização de MEI, clique em “Quero ser”. Em seguida, selecione “Formalize-se” ou “Gov.br”

🔹 3º passo: Completar seu cadastro no Portal do Empreendedor:

É hora de preencher o cadastro no Portal do Empreendedor. Clique no botão “Formalize-se”, informe os dados da sua conta Gov.br e autorize o acesso aos seus dados pelo Portal do Empreendedor – Área do Usuário da Redesim.

Preencha o número do recibo da sua declaração de imposto de renda ou do título de eleitor e o número do seu telefone celular. Você receberá um código SMS.

🔹 4º Passo: Definir nome fantasia, atividades e capital social: Informe o nome fantasia de sua empresa e selecione as atividades que irá realizar.

Também deverá ser informado onde irá atuar: em casa, em endereço comercial, como ambulante, porta a porta ou via internet, por exemplo.

🔹 5º Passo: Definir endereço:

Informe o CEP do endereço residencial e o CEP do local onde irá funcionar a empresa.

🔹 6º passo: Emitir o Certificado de Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI):

Após ler atentamente, o empreendedor deverá selecionar todas as declarações obrigatórias para o MEI. Será emitido o Certificado de Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI) que comprova a inscrição como MEI, com o CNPJ e número do registro na Junta Comercial.

Na dúvida, peça ajuda a um contador!!

Sapatos no atacado direto da fábrica